EDUCAÇÃO DE ITABUNA E UNIME PROMOVEM ENCONTRO DOS SURDOS EM ITABUNA

Cerca de 250 pessoas entre educadores, profissionais de saúde, estudantes, acadêmicos e estudiosos das políticas de desenvolvimento de inclusão estiveram reunidos na sexta-feira (28) e no sábado (29) na sétima edição do Encontro de Surdos de Itabuna, realizado pela Prefeitura de Itabuna, através do Departamento da Educação Básica (DEB), envolvendo a Assessoria da Educação Inclusiva e o Centro Psicopedagógico da Educação Inclusiva (CEPEI), instâncias circunscritas à Secretaria Municipal da Educação (SME). A realização do encontro se deu em parceria com a Unime Itabuna e se concentrou em seminários, exposições, mesas de debate, atividades esportivas, recreação e lazer.

“O Encontro de Surdos de Itabuna se repete no bojo das comemorações do Dia Nacional do Surdo (26 de setembro), data em que se inaugurou, no Brasil, em 1857, por Dom Pedro II, a primeira instituição educacional voltada para as pessoas surdas”, explica a professora Alessandra Palmeira, docente do curso de Educação Física e de LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) da Unime.

Para a professora Adnéia Oliveira, uma das colaboradoras do CEPEI, “esse evento teve a perspectiva de tratar de temáticas relevantes às práticas pedagógicas, bem como trazer momentos de lazer para o seu público-alvo, com a realização de torneio inclusivo de Futsal, Capoeira, Ginástica, Oficinas de Artes, atividades lúdicas em LIBRAS, etc”, pontuou a professora.

Os debates foram desenhados por temas como “Os Anseios no Mundo Moderno Concernentes às Pessoas Surdas”, conduzido pela psicóloga Dra. Suzanne Sampaio Nicácio; “O Lugar da Cultura na Educação dos Surdos”, proposto pelo professor Dr. Wolney Gomes Almeida, doutor em Educação pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e mestre em Cultura e Turismo pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC); “A Cultura Surda e o Cotidiano”, exposição feita pela Dra. Laiza Silva Rebouças, graduada em Direito pela Universidade Católica de Salvador (UCSAL) e “Central de Intérprete: Uma Necessidade”, também exposto pela Dra. Laiza Silva Rebouças. Os debates aconteceram no auditório do Campus II da Unime, em Itabuna.

No sábado (29), na Praça Rio Cachoeira, Centro, aconteceu o Torneio Walter Bruno de Futsal para Surdos, aula de ginástica, atividades recreativas, testes de glicemia, orientações e assistência social. As atividades foram encerradas com entrega da premiação aos vencedores do torneio de Futsal.

Prefeitura Municipal de Itabuna.
Secretaria Municipal de Governo – Departamento de Comunicação Social.
Secretaria Municipal da Educação – Assessoria de Comunicação Social.
Texto: Eric Thadeu Nascimento Souza (com informações do site oficial da UESC).
Fotos: Assessoria da Educação Inclusiva do Departamento da Educação Básica (DEB/SME).
01.10.2018.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *